100 DIAS NA CASA BRANCA

obama-08Barack Obama completa hoje os primeiros 100 dias do seu mandato mostrando-se
satisfeito com os resultados obtidos.

A ideia de fazer uma retrospectiva dos primeiros 100 dias partiu de Franklin Roosevelt durante o seu mandato.

As prioridades do Presidente norte-americano, Barack Obama assentaram sobretudo na economia, tendo como fundo e impulso a crise económica, e na política externa.

Muitos acreditam que ainda é cedo para fazer uma análise a presidência de Obama, no entanto Russel Riley, que dirige o Programa de História Presidencial da Universidade da Virgínia acredita que nos primeiros 100 dias de um presidente já contêm as sementes do que irá ser os seu mandato.

O Presidente norte-americano é acusado de tentar fazer muitas coisas demasiado depressa, criticas que Barack Obama rejeita, quando tenta inverter a recessão através da aplicação de medidas económicas ambiciosas. De salientar é também a profunda mudança na política externa, estabelecendo um corte com a era Bush.

“Começamos a levantar-nos” e “estamos a trabalhar para reconstruir a América”, disse o presidente norte-americano ao Jornal de Noticias, adiantando que há “muito trabalho a fazer”.

Para Larry Berman, professor de Ciência Politica da Universidade da Califórnia “ele teve os melhores cem dias que podia ter, até á divulgação dos memorandos secretos da CIA, que o professor considera poderem afectar a imagem de Obama junto do público e do próprio Congresso, caso se continuem a discutir.

As medidas tomadas até agora por Barack Obama representam uma refundação dos princípios em que assenta o Governo da América. Em menos de 100 dias forma levantadas medidas, planos, programas e pacotes que visam estabilizar os mercados de crédito, promover o emprego, salvar a industria automóvel e proteger os proprietários e risco de execução. Obama tentou também aliviar os contribuintes, facilitar o acesso ao ensino superior, reparar infra-estruturas do país, regular o sistema bancário, criar um sistema de compra e venda de emissões e ainda reformar o código fiscal.

Mas o 44º Presidente americano quer ir mais longe e fazer o que até agora
ainda nenhum presidente conseguiu, reforma o sistema de saúde americano, onde actualmente 50 milhões de pessoas vivem sem seguro de saúde e acesso a médicos e medicamentos.

Depois de 100 dias de presidência, Barack Obama obtém a aprovação de 79% da população norte americana sendo na sua maioria jovens, mulheres, negros e menos ricos os que mais o apoiam.

Fonte: Público e Jornal de Noticias
Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: