Archive for Março, 2009

Para Pensar

DIA NACIONAL DOS CENTROS HISTÓRICOS

No passado Sábado, dia 28 de Março comemorou-se o dia nacional dos centros históricos. Sendo um dia nacional e visto que existem cidade de Norte a Sul do país que possuem centros históricos este deveria ter assinalado em vários pontos do nosso Portugal. Para além do Porto, desconhece qualquer outra cidade que o tenha feito. Ou então á comunicação social só interesse divulgar o que aconteceu ou ia acontecer na cidade do Porto. Existe mais Portugal para além das duas cidade “capitais” uma do Norte e outra do Sul (Porto e Lisboa)?!

Leave a comment »

Uma outra forma de ser pai

Nem sempre a figura masculina que representa um pai é realmente o pai, os irmãos podem ser um exemplo disso mesmo. Leia o resto deste artigo »

Leave a comment »

Era uma vez a justiça em Portugal

No outro dia, estava eu sentada a almoçar e tinha a televisão ligada, como habitualmente, nas notícias que são transmitidas a essa hora. Do meio das noticias com quase quatro minutos sobre o desemprego, a violência, a fraude por parte de personalidades do país, houve uma noticia, que apesar de ter passado me segundos me chamou a atenção. Tratava-se de uma notícia acerca de um homem, um sem abrigo, que foi condenado a um ano de prisão por ter roubado metade de um pão. Insólito não é?

Um mendigo que não tem o que comer, rouba para comer (sim porque não estamos a falar de um assalto a um banco nem a bombas de gasolina apenas por diversão ou luxúria), é preso e condenado á prisão num curto espaço de tempo e os grandes grupos de crime organizado, que roubam muitas vezes por prazer, que circulam em carros topo de gama, tem casas que apenas fazem parte dos sonhos dos que trabalham honestamente e que não precisam de roubar metade de um pão pois tem a mesa recheada porque assaltaram umas bombas de gasolina ou a ourivesaria mais próxima? Esses estão e continuaram em liberdade… Mas porque? Será que alguém me consegue explicar a justiça do país em que vivemos? Não consigo entender como alguém pode ser preso por não ter o que comer enquanto circulam pelo país bandos de crime organizado que fazem assaltos todos os dias e nunca são presos.

Leave a comment »

Luís Miguel Viana,uma outra realidade do jornalismo

A Lusa, Agência de Notícias de Portugal S.A, è a maior agência noticiosa de língua portuguesa, foi fundada a 28 de Novembro de 1986, conta com mais de 200 jornalistas e cerca de 80 colaboradores distribuídos pelos quatro cantos do mundo. O rigor e a neutralidade no tratamento da informação são as principais características desta agência de informação. O seu director de informação, Luís Miguel Viana, é com 41 anos o mais novo director da agência de informação.

Numa entrevista a Luís Miguel Viana, o director de informação da Lusa explicou a importância da agência no panorama jornalístico português, bem como a sua opinião acerca do jornalismo do cidadão e do próprio futuro do jornalismo.

Leia o resto deste artigo »

Leave a comment »